Quando você quer ser uma empreendedora custe o que custar

Mano, a mina queria vender torcicolo para as crianças filha da amiga, é sério isso? Não, é não. Ela, a empreendedora péssima em gramática, queria vender um triciclo. Ela pelo menos tentou, uns por aí nem tentam, são vagabundos natos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *