Quando a ingenuidade de uma garota se transforma em uma burrice extrema

É sério isso? Como pode ter tanta falta de capacidade de perceber que sem energia nada que depende desse recurso funciona e (por consequência lógica) o computador também não vai funcionar?

A gente não sabe se rir ou se diz o que ninguém nesse tipo de situação, nesse tipo de momento crítico, quer ouvir. O melhor é ajudar a quem precisa mesmo que o ajudado tenha tanta ingenuidade como a garota chamada Ingrid.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *