Pérolas

Gustavo deu uma de João sem braço para traçar a melhor amiga

Quem não arrisca não petisca, não é verdade? Tem melhor pessoa para levar para a cama do que a melhor amiga? Não, não tem! No caso em questão, foi ainda melhor: Gustavo pegou a amiga sem gastar nada, nem mesmo com motel.

Ela, para contribuir e aliviar o estresse, deu uma de louca, justificando a trepada com a desculpa de que a vida é passageira, apenas um sopro. Isso faz sentido, ela tinha que culpar alguém.

Uma notícia nada agradável para o primo Vitor

Não sei o que as primas têm de tão especial que todo macho alpha da família quer comer um pedacinho da casquinha. O grande problema é quando, de repente, se sabe que a menstruação já tem quarenta dias de atraso.

Vitor agora vai ter de se virar nos trintas para sustentar o filho e a ele mesmo. A culpa não é só dele. A pervertida da prima também tem uma parcela de culpa nessa história por não ter se protegido.

O dia em que Eric descobriu que a morena não tinha coração

Infelizmente, a gente vale o que tem e o que é. Sempre foi assim, e sempre vai ser, a água só corre para o mar. Eric colocou a melhor camisa, talvez a única que ele tinha, para encontrar a morena todo feliz, e leva essa real na cara.

A morena ficou de longe observando, “vou ficar aqui esperando ele chegar, se Eric for feio ou pobre, eu dou meia volta e vou embora”, pensou ela consigo mesma. E foi assim que realmente aconteceu. Essa é a realidade da vida!