07 dezembro \2020

O jogo de bingo no Brasil

Dicas

Que acontece com o bingo no Brasil? Você realmente sabe qual o desenvolvimento desse jogo no nosso país? Leia e confira desde a proibição à flexibilização e o retorno ao decreto de 1946. Certamente, o vai e vem dos projetos de lei para regulamentar o jogo de bingo e os jogos de azar no Brasil até trouxeram alguma esperança. Especialmente, para os jogadores de bingo. Mas não passaram disso.

O jogo de bingo no Brasil

Apesar de todas as tentativas impostas pela ala de empresários do ramo, por meio de um grupo de deputados, os projetos não saíram do papel. Eles foram derrubados por uma ala ainda mais forte. A dos evangélicos que acreditam que a liberação dos jogos é prejudicial. Segundo essa bancada, a volta do bingo e demais jogos de azar pode acabar precipitando um vício.

Vicio esse que não aconteceria sem ela. Até a tentativa mais próxima da regulamentação, voltada para o bingo nos estádios de futebol, funcionou por muito pouco tempo. Isto é; lá pelos idos do século XX. Mas foi derrubada rapidamente e deixou os dirigentes de futebol chateados.

O bingo no Brasil desde 1946

Os bingos no Brasil tiveram seu funcionamento proibido em 1946, quando os cassinos, no seu auge, empregavam mais de 40 mil funcionários. Além disso, era o entretenimento mais luxuoso da época, tanto que os salões de jogos eram frequentados pela classe social mais alta do país. Na época, o decreto do presidente Eurico Gaspar Dutra pegou toda a sociedade de surpresa.

Isso porque o assunto não se discutiu no legislativo, e nem no próprio governo. Dizem as más línguas que a decisão foi feita a partir da vontade da primeira dama, religiosa muito fervorosa. Também existem mais duas versões. Uma delas que explica a contravenção dos jogos de azar por conta de dívidas de um sobrinho de Vargas e ele próprio, que com isso ficariam livres de pendentes. A outra, foca-se em negociações políticas envolvendo cargos políticos com a vinda de um novo governo varguista.

Em qualquer caso, uma indústria inteira ficou sem sustento em momentos de grande crise econômica, produto também das consequências da pós-guerra para o Brasil. E, de lá para cá, muitos bingos foram para a clandestinidade e outros funcionam assim até a atualidade. Isso porque há apostadores históricos que não abrem mão do bingo realizado em salões de jogos com presença de jogadores.

O que mudou na lei sobre bingo

No início do século XX, os clubes de futebol chegaram a explorar o bingo em seus estádios logo após as partidas. Servia como um primeiro passo para uma regulamentação não só do bingo como também dos demais jogos de azar. Com essa derrubada da lei, foram junto com ela, aa lei Zico que foi uma evolução da lei Pelé, ambas tratavam a regulamentação apenas do bingo junto com o futebol.

Ou seja, toda a renda de apostas iria para os clubes de futebol, assim como, os bingos ficariam permitidos apenas em estádios. Mas a alegria durou pouco e com menos de cinco anos dessa decisão, revogou-se a lei e tudo voltou à estaca zero, permanecendo o decreto de 1946 que suspendeu o funcionamento dos bingos e cassinos em espaços físicos, o que deu lugar à popularização do bingo online no Brasil.

O jogo de bingo no Brasil

Hoje em dia, assim como no caso do jogo do bicho são jogos que sempre conviveram na borda da lei. O primeiro por conta de uma espécie de acordo onde as autoridades deixavam acontecer. E, no caso do bingo, aconteceu algo parecido que derivou na situação atual.

O cenário atual do bingo no Brasil

Pegando carona na regulamentação dos jogos de azar, os projetos de lei continuam sendo colocados na pauta e na gaveta sem nem haver debate. No entanto, esse ano, com a entrada de um presidente ligado aos empresários, houve esperança de que o projeto se transformasse em lei. Mesmo assim, esse projeto que permite o funcionamento de cassinos em resorts espalhados por todo o país não abrange bingos. Nem bingos online.

Certamente, o intuito do governo é arrecadar impostos com a atividade. Inicialmente, eles só funcionariam para atendimento do hóspede, sendo proibida para nativos ou alguém de fora no hotel. Nesse sentido, até o prefeito do Rio de Janeiro, político da ala evangélica já passou a abraçar a possibilidade. Isto é; que na cidade, funcionaria um cassino resort no porto marítimo, local de atracação dos navios estrangeiros.

Conclusão

No final das contas, os jogos de azar permanecem assumindo o mesmo status que tinham em 1946, quando o decreto proibia a exploração dos jogos por salões físicos ou cassinos. Entre um e outro projeto e lei, e dezenas de engavetados, mais uma vez a discussão ficou para trás. E, atualmente só estão permitidos os bingos online, -também, graças a que não tínhamos internet em 1946-. Enquanto isso, quem pretende continuar jogando bingo insiste em frequentar os bingos clandestinos.

E, enquanto isso, os defensores da regulamentação dos jogos de azar continuam indicando que com a lei, o governo vai arrecadar mais de $20 bilhões por ano. E do outro lado da calçada, a ala religiosa permanece defendendo a legislação como está, sem permissão de nenhuma espécie. É que, para eles, o bingo e demais jogos, permitiriam o vício natural dos potenciais jogadores.

Mas, acima de tudo estão as regulamentações. Sem marco jurídico adequado o Brasil continua a perder muito mais do que postos de trabalho. Pois, aquilo que está em jogo são as referências do estado de direito, aquelas que como nós, sofrem os prejuízos.

Postado por Nanda Weber
0 Comentários
04 dezembro \2020

10 princesas da Disney interpretadas no cinema por grandes atrizes

Celebridades

Crescemos assistindo aos filmes de animação da Disney com histórias cheias de feiticeiros, princesas, príncipes e criaturas encantadas. Quando uma nova versão dessas histórias chega à telona, protagonizada por pessoas de carne e osso (em vez de desenhos e efeitos especiais), a maioria das pessoas fica curiosa para ver o resultado. Olhando em retrospectiva, as histórias de famosas que deram vida a essas princesas são inúmeras e surpreendentes.

A equipe do Arreganho traz para você uma lista com algumas das atrizes que interpretaram no cinema as princesas mais conhecidas do mundo da Disney.

(mais…)

0 Comentários